Pages Menu
Categories Menu
Evento em SP discute a alimentação infantil em casa e na escola

Evento em SP discute a alimentação infantil em casa e na escola

 

Os apelos para o consumo de alimentos não saudáveis continuam atingindo em cheio as crianças. E mesmo quando optamos por uma dieta rica em verduras e frutas ainda estamos convivendo com o perigo dos agrotóxicos e transgênicos. Afinal, como melhorar o que nossas crianças estão comendo?

Para buscar respostas para essa e outras perguntas, a Rede Brasileira Infância e Consumo – REBRINC e a Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz – UMAPAZ realizam em São Paulo, no dia 31 de agosto, um bate-papo com a participação da doutora em Saúde Pública e ativista pela alimentação saudável Maluh Barciotte.

O evento é gratuito, com vagas limitadas, e as inscrições são abertas a todos os interessados, com o foco em educadores, técnicos e gestores públicos das áreas públicas e privadas ligados à educação e saúde. Na ocasião, será realizada uma apresentação sobre o tema e na sequência conversas em grupo a partir da técnica de World Café.

 

Hábitos alimentares e saúde infantil

Os problemas relacionados à má alimentação infantil são hoje uma realidade. Já contabilizamos cerca de 30% das crianças brasileiras com sobrepeso e obesidade. A obesidade e as consequentes doenças crônicas não transmissíveis, DCNT, estão registradas em pesquisas nacionais sobre a saúde das crianças brasileiras.

Campanhas, reportagens e documentários, como o “Muito Além do Peso”, alertam para a questão. Mas ainda há muito o que fazer pois a mudança do hábito alimentar é um processo complexo, que envolve toda a família, a escola, a mídia e a forma como os alimentos são anunciados.

 

Evento REBRINC em SP

 

Evento em SP

No evento do dia 31 de agosto, a doutora em Saúde Pública e integrante da Rede Brasileira Infância e Consumo, Maluh Barciotte vai falar sobre sua trajetória na defesa do Consumo Responsável, da Comida de Verdade e dos Alimentos Orgânicos e de Produção Agroecológica.

Na busca de soluções para o problema, Maluh ressalta a importância das políticas públicas atuais como o Guia Alimentar da População Brasileira/2014, assim como a Lei da Alimentação Escolar Orgânica (Lei 16.140/2015) do município de São Paulo.

“É de fundamental importância que as famílias e a escola evitem os alimentos ultraprocessados e desenvolvam habilidades culinárias envolvendo as crianças e os jovens nessa experiência. Também precisamos que os governos priorizem compras públicas mais saudáveis, sustentáveis e justas”, defende Maluh.

“O evento é uma oportunidade, pensada pela REBRINC e pela UMAPAZ, para juntos com educadores refletirmos sobre ações concretas de apoio a estas políticas e a outras ações de superação dos nossos atuais desafios, colocando a educação alimentar como um portal para a educação crítica reflexiva e transformadora nas nossas escolas”, explica Maluh Barciotte.

Com ampla trajetória na causa da sustentabilidade e da alimentação saudável, a bióloga é a atual presidente da Associação de Agricultura Orgânica, AAO, organização que também apoia o evento, destacando a importância dos alimentos orgânicos e da produção agroecológica na cidade de São Paulo e no Brasil.

Aniversário da REBRINC

O evento “Vamos conversar sobre como melhorar o que nossas crianças estão comendo?” encerra o ciclo de eventos “Rebrinc pelo Brasil – Eventos colaborativos pela infância“, realizados de junho a agosto em cidades como Belo Horizonte, Porto Alegre, São Paulo e Brasília, para comemorar os três anos de existência da Rede Brasileira Infância e Consumo.

A Rede Brasileira Infância e Consumo, REBRINC, é uma rede horizontal e colaborativa que reúne, virtual e presencialmente, pessoas físicas, instituições e movimentos de todas as regiões do país interessados nas temáticas infância e consumo.

Como a REBRINC é uma rede, o seu processo é horizontal e colaborativo. A nossa missão é “ser uma Rede capaz de despertar a sociedade, especialmente a comunidade escolar e os que produzem conteúdo nas mídias, para as consequências do consumismo na infância.”

 

Informações sobre o evento: 

“REBRINC convida: Vamos conversar sobre como melhorar o que nossas crianças estão comendo?” 

Facilitação: Maluh Barciotte – bióloga e doutora em Saúde Pública/Ambiental pela Universidade de São Paulo com pós-doutorado pela Faculdade de Saúde Pública da USP, onde participou da elaboração do novo Guia Alimentar da População Brasileira. Palestrante e consultora atua, de forma sistêmica em defesa do Consumo Responsável, da Comida de Verdade e dos Alimentos Orgânicos e de Produção Agroecológica. Atualmente presidente da AAO/Associação de Agricultura Orgânica onde foi fundadora (1889) e integrante da Rede Brasileira Infância e Consumo, REBRINC.

 

Inscrições gratuitas aqui (site da UMAPAZ)

 

Coordenação: Mirna Salazar Camacho e Tânia Maria dos Santos.
Público: Educadores, técnicos e gestores públicos das áreas públicas e privadas ligados à educação e saúde. População em geral.
Vagas: 60
Dia: 31 de agosto de 2016, quarta-feira.
Horário: das 14h às 18h.
Local: Sede da UMAPAZ – Parque Ibirapuera. Av. Quarto Centenário, 1268.
Pedestres: Portão 7A.
Estacionamento: Portão 7 da Av. República do Líbano (Zona Azul).

Post a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *